Produtos

Como equipar um veleiro de 27 a 35 pés

Descrição

Como equipar um veleiro de 27 a 35 pés.

As fotos são de um Hanse 35 onde foram trocados pela Easy Nav os equipamentos mais antigos pelos Triton2, AP44, e Zeus3 9.

Veja fotos de um Hanse 32 onde trocamos os equipamentos antigos por novos e também instalamos o piloto automático.

Supondo que a maioria dos veleiros com mais de 26 pés possuem o sistema de leme com roda ou timão.

Esta diferença entre leme de cana ou de roda muda o tipo de piloto e também da disposição dos equipamentos no cockpit e na mesa de navegação.

Quanto aos rádios são os mesmos recomendados para barcos menores como abaixo.

Rádio VHF: Existem os modelos por ordem de menor preço para maior.

Para a função DSC e transmissão de AIS é necessária a obtemção do número MMSI.

Não tendo o número MMSI o receptor AIS e a transmissão de rádio funcionam.

Não funcionam a transmissão do AIS nem a função DSC.

Faça, sem compromisso, orçamento on line. Clicando nos links em vermelho, abrirá num novo separador uma página com o produto. Abaixo do preço clique em “ADICIONAR”. Depois abra o carrinho clicando no topo da página entre “Contatos” e “Lupa” onde poderá ver os equipamentos escolhidos, os preços e o total,  já inclusos frete e IVA.

Para o rádio VHF com transmissão de AIS é necessária a instalação de duas antenas ou um antena splitter.

Caso já tenha o rádio VHF e uma tela multifunção podreá optar pelo AIS separado e duas antenas ou um antena splitter.

V20S

Este rádio possui GPS e antena internamente, e entrada de antena externa caso necessário.

Este GPS é necessário para o uso da função DISTREESS, que é uma função para chamada de socorro onde automaticamente informa sua posição entre outros detalhes.

Como este rádio pode ser ligado à rede NMEA, o GPS interno poderá enviar os dados para os outros instrumentos.

V60

Neste modelo de rádio, além das funções do V20S, vem integrado um receptor de AIS que é muito aconselhável para aumentar sua segurança.

Se não tiver um display multifunção instalado, ainda poderá ver na tela do rádio os barcos ao redor do seu que estão ao alcance de recepção de sinal AIS, porém o seu barco não será visto em outras embarcações, sendo que o V60 não transmite dados do AIS.

Caso tenha um display multifunção, este poderá receber o sinal de AIS que será plotado sobre a carta.

V60-B

Este rádio tem as mesma funções do V60, porém é também um transmissor de dados AIS para que outros barcos possam ver sua posição na tela do rádio ou em uma tela multifunção, dobrando sua segurança quanto abalroamento no mar.

Tanto o V60 quanto o V60-B permitem uma conexão por Bluetooth com o repetidor H60 que é um rádio completo sem fios e usa o rádio base para transmitir e receber.

Instrumentos:

Também começando pela segurança, a sonda é um importante componente para evitar navegar em lugares muito baixos onde poderá bater a quilha no fundo podendo causar sérias avarias ao casco.

Os instrumentos Triton2 são multifunção, porém não apresentam carta nem radar.

Como o velejador não está especialmente interessado em pescar, um sensor de fundo que dá a informação no modo digital, apenas em números, já é o suficiente.

Este sensor vem com três funções, velocidade sobre a água, profundidade e temperatura da água. Estes dados são transmitidos por NMEA 2000 a todos instrumentos e telas conectados à rede.

A tela colorida do Triton2 tem 4.1 polegadas medidas na diagonal só na parte visível.

É totalmente à prova d’água e nunca apresenta tela embaçada por condensação.

É multi-função mas não apresenta carta nem radar. Todas as outras informações na rede são apresentadas no Triton2 em várias páginas selecionáveis.

O ideal para um veleiro pequeno é ter ao menos duas telas, uma em cada lado ou sobre a tampa do portaló, ou ainda no mastro abaixo da retranca.

O sensor de velocidade e direção do vento pode ser com ou sem fio.

O sem fio tem um pequeno painel solar que carrega uma pequena bateria para continuar funcionando à noite.

A transmissão é feita por Bluetooth e recebido no pequeno receptor que pode ficar dentro do barco e é conectado à rede NMEA 2000, facilita muito a instalação.

O sensor com fio é um pouco mais barato.

Tela multifunção Vulcan; nos tamanhos de 79 e 12 polegadas.

O Vulcan é um plotter cartográfico com GPS e modulo de sonda integrados. Também serve como tela para o radar. Faz muitas funções. Veja aqui.

Como a série Vulcan usa a porta ethernet somente para radar, não serve para enviar imagens do radar nem da carta para outro Vulcan nem para outro Zeus, mas o Vulcan tem a capacidade de enviar via WiFi todas imagens e dados para um tablet ou telemóvel, podendo inclusive operar todas as funções como se estivesse com o Vulcan na mão.

É portanto uma excelente maneira de se ter um “segundo Vulcan” no interior do barco. Falta o áudio na transmissão WiFi e para isso instala-se um besouro conectado a uma saída específica onde poderá ser alertado de qualquer perigo pelo som do alarme e ver ou ler no repetidor qual o motivo do disparo e poderá desligar o alarme e tomar as atitudes necessárias. Tudo pelo repetidor.

A única função que não se pode operar pelo repetidor, por segurança, é a do piloto automático. Para isso é possível instalar um controle do piloto internamente.

O Vulcan não tem teclado e isso pode atrapalhar um pouco quando o mar está agitado para tocar na tela exatamente onde se deseja e manter a mão firme para não ficar movendo-a pela tela. É possível instalar um teclado que permite operar todas funções da tela de toque, e também serve para operar o piloto automático.

O tamanho do Vulcan mais adequado depende onde será instalado. Normalmente o de 9 polegadas instalado atrás da roda de leme é suficiente.

Zeus3 7, 9, 12, 16

A série Zeus tem de diferente do Vulcan o processador bem mais rápido e a tela SolarMax, que é melhor para ser usada em sol forte mesmo com uso de lentes polarizadas.

Veja o vídeo

Já vem com teclado e com entradas ethernet (1 para tamanho 7″ e 9″ e 2 para tamanhos 12″ e 16″), NMEA 2000 e NMEA 0183, 2 de vídeo para cameras, 2 fichas para transdutores de sonda de pesca, e 2 slots para cartão de memória para carta e dados. Saída de vídeo HDMI para repetir em um monitor (12″ e 16″), ficha USB para rato, teclado e armazenamento em massa (16″).

O piloto automático que melhor se adapta a veleiros de até 35 pés é o NAC 2 com sensor de ângulo de leme. O controle pode ser o Triton2, que poderá ser instalado na cabine.  Do lado de fora pode ser controlado por um Vulcan ou Zeus.

O controle Triton2 ou outro controle é obrigatório.

O atuador do hidráulico do leme pode ser o T0.

Avaliações (0)

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Como equipar um veleiro de 27 a 35 pés”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *